Maior encontro de leite e derivados do nordeste será realizado em Imperatriz

Diego Leonardo Boaventura

O Encontro Nordestino do setor de Leite e Derivados (Enel) – maior feira do setor lácteo da região Nordeste – será realizado pela primeira vez no Maranhão e Imperatriz foi a cidade escolhida para sediar a décima edição do evento. O objetivo da feira, que acontecerá entre os dias 24 e 26 de outubro deste ano, é difundir a bacia leiteira nordestina por meio de discussões temáticas sobre a cadeia produtiva do leite na região, de acordo com as características de cada estado. Segundo a Embrapa, a região nordeste representa 12% da produção de leite do país, e entre os nove estados, o Maranhão aparece como quarto maior produtor, com cerca de 365 milhões de litros por ano. Hoje, a região Tocantina detém a maior parte do rebanho bovino do estado e assume 46% dessa produção. De cada quatro empregos diretos no setor da agropecuária, três são da atividade leiteira.

A intensa atividade no setor produtivo de leite e derivados, com instalação de indústrias de laticínios na região foi determinante para a escolha da cidade de Imperatriz como sede do X Enel. Na região Tocantina são coletados cerca de 35 mil litros de leite por dia e 90% desta produção é transformada em queijo. Para a analista do Sebrae em Imperatriz, Márcia Maria Martins Ferreira, a escolha de Imperatriz foi mais que acertada. “O local foi escolhido pela as peculiaridades que a região apresenta, sendo a maior produtora de leite do Maranhão, segundo maior município do Estado e tendo um elevado crescimento dos negócios nos últimos anos”, enfatiza.
O Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) aposta no sucesso do evento e acredita que o grande desafio é gerar um impacto produtivo para Imperatriz, com investimentos em tecnologia e em negócios setoriais da cadeia produtiva do leite. No entanto, para a analista, a região como um todo irá se beneficiar dos grandes investimentos que poderão surgir através desse evento.

Parceiros

O (Sebrae) tem apoiado de forma sistêmica a realização do evento que conta, ainda, com a parceria do Governo do Maranhão, Prefeitura de Imperatriz, Associação Comercial e Industrial de Imperatriz (ACII), Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), a Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (Fiema), o Sindicato Rural de Imperatriz (Sinrural), agentes financeiros e empresas agropecuárias. Os produtores do setor industrial da região Tocantina estão animados com a possibilidade da troca de experiência, acesso à informação e inovação tecnológica disponibilizadas pelo encontro. No total, mais de 20 mil pessoas de todo o país são esperadas no evento.